Poxa, já vai nos deixar? 😥

Me conta, você encontrou o que deseja?
Se não econtrou, conta pra gente o que procura 😃

Compartilhe nas redes sociais:

Marketing de Guerrilha são campanhas inesperadas, utilizando mais a criatividade do que o orçamento da empresa. Essa estratégia tem como objetivo ser inesquecível para seu público em potencial. Transformando marcas no assunto principal, podendo abranger diferentes reações, como alegres, provocativas, sérias e até mesmo engraçadas.

Para que uma campanha de Marketing de Guerrilha seja bem sucedida é essencial ter muita criatividade e energia, neste caso o fator dinheiro não é o foco principal. Justamente por isso, elas são feitas em espaços públicos, de grande circulação de pessoas como parques, shoppings centers e até mesmo praias.

Apesar de ser conhecido por campanhas virais na internet, o marketing de guerrilha surgiu muito antes da internet, nas mídias tradicionais. O conceito foi criado em 1948 pelo escritor norte-americano Jay Conrad Levinson, que publicou o livro Marketing de Guerrilha neste mesmo ano. A relação entre o livro e a estratégia se dá de uma análise da guerra no Vietnã, mais especificamente das estratégias utilizadas pelos vietnamitas. Como possuíam bem menos recursos que o Vietnã do Sul, que tinham como aliado os EUA, os norte-vietnamitas utilizavam diversas técnicas criativas para combater os inimigos, que avançavam com a melhor tecnologia bélica que o dinheiro podia comprar. Este insight partiu da situação onde a criatividade vencia o alto investimento monetário.

Algumas ações de Marketing de Guerrilha que foram bem sucedidas para você se inspirar:

 

KitKat

Uma ação muito criativa da Nestlé foi pintar alguns bancos de madeira com as cores do chocolate KitKat, sendo metade embalagem e metade chocolate.

A pintura ficou idêntica ao doce e muito provavelmente deve ter deixado bastante gente com vontade de provar o chocolate. Afinal, seu slogan "Have a break... Have a KitKat", sugere que as pessoas façam um intervalo para comer o chocolate. Uma campanha simples, barata e impactante pois ficou alguns dias entre os assuntos mais comentados entre os internautas.


Frontline
A marca de produtos antipulgas Frontline colocou no chão do piso de um shopping na Indonésia a imagem de um cão gigante se coçando.

Os consumidores do shopping podiam caminhar normalmente pelo local, mas quando vistos do segundo piso, suas cabeças pareciam pulgas no cachorro.

HBO
A HBO é conhecida por sua qualidade de produção, com inúmeras séries aclamadas pela crítica e pelos telespectadores. Mas, é possível identificá-la também pela sua habilidade em usar o marketing de guerrilha com excelência.

Para promover a série The Sopranos, o canal de TV por assinatura colocou braços falsos como se estivessem saindo dos porta-malas de diversos táxis da cidade de Nova York.

Quando as pessoas começavam a pensar que eram cadáveres e se aproximavam dos carros para averiguar, percebiam um adesivo no para-choque dos carros com o nome da série. Simples, não é mesmo?!

Esses exemplos mostram o quanto as ações de guerrilha podem ser poderosas, sem que seja preciso desembolsar um grande valor ou envolver estruturas grandiosas.

Acompanhe nosso blog e saiba mais sobre o mundo do marketing publicitário!

(18) 98120-6506